Constituição e Área de Atuação – O Negócio

Desde que iniciou suas atividades em 1º de fevereiro de 1997, a FTC traçou uma nova etapa no transporte ferroviário de cargas. Com uma diferente filosofia de atuação, a Ferrovia passou a trabalhar as particularidades da região sul do Brasil e suas necessidades para o transporte de cargas. Além de oferecer os melhores serviços, a confiabilidade, a segurança e a eficiência passaram a ser prioridades da FTC para com os seus clientes.

A Ferrovia Tereza Cristina tem como atividade principal a exploração de serviços de transporte ferroviário de carga, cujo principal produto transportado é o carvão mineral, produzido no sul do Estado de Santa Catarina, destinado à geração de energia termelétrica.

Com investimentos de R$ 283 milhões em obras de expansão, renovação e aquisição de equipamentos, juntamente com o início das operações de cabotagem no Terminal de Contêineres do Porto de Imbituba, em 2009, a FTC retomou suas atividades neste segmento de carga e efetua o transporte de carga conteinerizada até o Porto. Esta integração entre os modais ferroviário, rodoviário e marítimo atribui um diferencial logístico e competitivo para o empresariado da região Sul.

O empenho na captação de novas cargas para transporte por ferrovia é constante, já podendo visualizar resultados positivos, graças aos esforços de toda a Equipe da FTC e no estabelecimento de alianças com empresas com objetivos complementares.