Apae será beneficiada pelo projeto Carvão Amigo

11/10/2017


A Apae de Criciúma é mais uma entidade apoiada pelo projeto Carvão Amigo. Nesta terça-feira, o presidente da entidade, Márcio Tadeu de Menezes, esteve reunido com o diretor executivo do Sindicato da Indústria de Extração de Carvão do Estado de Santa Catarina (Siecesc), Cel. Márcio Cabral, e durante a reunião foi celebrado um protocolo de intenções para a participação junto ao projeto.

O Carvão Amigo é um projeto da indústria carbonífera que visa auxiliar entidades filantrópicas da região. “Esta é mais uma etapa cumprida do projeto carvão Amigo. Criciúma e região estão repletas de projetos de cunho filantrópico que auxiliam muitas pessoas. Sem estes projetos, sem dúvida, a assistência social de nossa região entraria em colapso, motivo pelo qual o setor carbonífero cumpre o seu papel de apoio a este setor”, afirma Cabral.

A Apae de Criciúma atende 265 alunos nos períodos matutino e vespertino. “Esta parceria com o setor carbonífero irá auxiliar bastante em nossas atividades e vem em um momento em que os recursos estão muito difíceis”, comenta o presidente da Apae.

O Projeto Carvão Amigo, iniciado este ano, já possui oito instituições parceiras: Asilo São Vicente de Paulo, Casa Guido, Bairro da Juventude, Abadeus, Nossa Casa, Projeto Anjos Mineiros, Cruz Vermelha de Criciúma e agora a Apae de Criciúma.

Fonte: Siecesc