Investimento em ferrovias será de 40 bi, dobrando modal de escoamento

03/08/2020


O ministro da Infraestrutura, Tarcisio Gomes de Freitas, destacou o profissionalismo do agronegócio brasileiro e a necessidade do governo de prover estrutura e logística para o escoamento da produção. “É um setor que nos dá orgulho”, disse, lembrando a abertura de novos mercados, trabalho feito pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

 

O ministro participou da abertura do 19 Congresso Brasileiro do Agronegócio, ressaltando que o governo lançou o maior plano safra da história, possibilitando as condições para o setor quebrar recorde atrás de recorde.

Tarcisio projetou o investimento estimado de R$ 40 bilhões em ferrovias, dobrando a participação do modal no escoamento da produção agrícola. O ministro também prevê o arrendamento portuário e a estatização. “Queremos auxiliar o produtor que tem feito um excelente trabalho ao país”.

Segundo ele, ao aumentar a oferta de transporte, o resultado é uma redução no frete. O ministro disse que já houve uma queda de 13% nos custos com frete em decorrência dos investimentos já feitos pelo governo.

 

O ministro destacou o investimento de R$ 1,9 bilhão em acesso ferroviário e rodoviários aos portos, tornando-os mais competitivos. “Queremos aumentar a capacidade e diminuir o tempo de operação nos portos, reduzindo custo e dando maior retorno ao produtor, obtendo melhores resultados”, concluiu.

 

Fonte: Canal Rural